John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Expectativa para o mês de junho é de chuvas frequentes

    Segundo alerta agroclimático da Rural Clima, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul devem ser os mais afetados
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Clima

    A tendência do clima para o mês de junho é que seja marcado por chuvas frequentes nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, e São Paulo, além da Argentina e do Paraguai, de acordo com o alerta agroclimático da Rural Clima.
     
    De acordo com o agrometeorologista Marco Antonio dos Santos, pode chover bem também no extremo sul de Minas Gerais ao longo do mês de junho.
     
    Santos destaca que após a frente fria ter levado chuvas ao Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraguai, extremo sul de Mato Grosso e de Goiás, elevando o nível de umidade do solo e favorecendo as lavouras de milho segunda safra e o cultivo de trigo, a semana entre 29 de abril e 2 de junho começa com tempo aberto em praticamente todo o Brasil.
     
    Expectativa para o mês de junho é de chuvas frequentes 1

    O agrometeorologista informa, entretanto, que um novo sistema irá avançar via Paraguai entre terça-feira e quarta-feira, levando chuvas a áreas produtoras desse país, bem como ao Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, extremo sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro. "O mês de junho deve ser aberto com chuvas em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Precipitações podem chegar também ao extremo sul de Goiás, Mato Grosso e Rondônia, bem como ao litoral nordestino. O Matopiba deve seguir sem chuvas nos próximos dias", comenta.
     
    Santos sinaliza que, por enquanto, ao longo de junho não há maiores preocupações com o frio ao ponto de haver a ocorrência de geadas em áreas produtoras do Brasil.
     
    Com informações da Agência Safras