John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Imea: Projeções para as safras de soja e milho no Mato Grosso

    Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária indica safra de soja de 44,3 milhões de toneladas em 2022/23. Já o milho aponta aumento de 3,78% na área da segunda safra
    Agencia SAFRAS & Mercado, Portal de Notícias
    Créditos: Arquivo
    Créditos: Arquivo

    Tags:

    Grãos

    Milho

    Soja

    Plantio

    A estimativa mais recente do Imea ( Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária )em relação à área de soja o Mato Grosso foi reajustada para 11,99 milhões de hectares, aumento de 1,51% ante ao último relatório e 4,50% em relação à safra passada. O incremento continua pautado pela valorização do preço da oleaginosa nos últimos anos, em reflexo da demanda aquecida no mercado e o cenário favorável para as cotações dos subprodutos.
     
    Com a colheita da oleaginosa alcançando 88,12% das áreas finalizada, foi possível o Instituto mensurar melhor as condições das lavouras e avaliar o rendimento aguardado para o estado. A retomada das chuvas em Mato Grosso, principalmente em dezembro de 2022, foi de extrema importância para aliviar o estresse hídrico observado em algumas áreas do estado em novembro.
     
    Além disso, a manutenção das precipitações e o longo período de luz auxiliou na recuperação fisiológica das plantas e no desenvolvimento do potencial produtivo das áreas precoces.
     
    Diante do atual cenário, a estimativa da produtividade em Mato Grosso foi ampliada em 1,92% em relação ao relatório passado, ficando estimada em 61,59 sc/há um recorde na série histórica do Instituto. Por outro lado, é importante destacar que daqui em diante a colheita da oleaginosa começa a entrar nas áreas arenosas, com menor investimento tecnológico e ou de primeiro ano de cultivo.
     
    Além disso, as atenções quanto as chuvas na hora da colheita seguem no radar do produtor, devido ao aumento da umidade do grão e percentual de variados nas cargas. Por fim, com o aumento da área e o acréscimo na projeção de rendimento, a produção da safra 2022/23 foi reajustada para 44,30 milhões de toneladas de soja, representando uma alta de 3,46% ante ao relatório anterior, caracterizando mais uma safra recorde para o estado.
    MILHO
    Segundo o Imea, a área destinada ao cultivo do milho segunda safra no Mato Grosso está estimada em 7,42 milhões de hectares, um incremento de 3,78% em relação à safra 21/22. Essa perspectiva de alta na área do cereal em Mato Grosso continua sendo pautada pela maior demanda e menor oferta mundial do milho, em reflexo da guerra na Ucrânia, quebra de safra na Argentina e nos EUA.
    Assim, diante desse cenário e dos preços favoráveis do cereal, o produtor continua estimulado a aumentar a área de plantio em relação à safra passada.
    No que se refere a produtividade, apesar de que cerca de 80% das áreas foram semeadas dentro da janela "ideal" de plantio (até 28/02), o cenário de incertezas ainda é grande para a safra, no que tange as condições climáticas e possíveis incidências de pragas e doenças.
    A previsão quanto à produtividade no estado se mantém na média de 104,29 sc/ha. Diante disso, com a estimativa de área de 7,42 milhões de hectares e a produtividade em 104,29 sc/ha, é esperado uma produção de 46,41 milhões de toneladas para a safra 22-23, aumento de 5,87% ante a safra 21-22.