John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    VOCÊ CONECTADO: Fique ligado nas notícias do dia (21/9)

    Conecta traz um resumo dos principais fatos e acontecimentos que impactam o agronegócio no Brasil e no mundo para que o produtor rural termine o dia bem informado
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Agronegócio

    TRIGO: Cultura perdeu potencial produtivo devido ao excesso de chuvas no RS

    Algumas lavouras de trigo semeadas antes do período recomendado já foram colhidas no Noroeste do Rio Grande do Sul. Segundo a Emater/RS, estas não são estatisticamente significativas, portanto o percentual ceifado não saiu do zero. Atualmente, 11% das lavouras estão em maturação. A cultura tem bom desenvolvimento, mas já perdeu potencial produtivo em algumas regiões devido ao excesso de chuvas da primeira metade de setembro. As plantas apresentam menor porte na comparação com anos anteriores. Além disso, danos causados por geadas, chuvas excessivas e doenças têm se agravado nas plantas em fase de enchimento de grãos, que representam 42% da área neste momento. Nos dias ensolarados, foram realizadas aplicações de fungicidas. Os produtores estão preocupados quanto ao possível aumento da incidência de doenças nas lavouras, provocado pelo grande volume de chuvas e pela elevação das temperaturas.

     

    ARROZ E FEIJÃO: Problemas com excesso de chuvas no Rio Grande do Sul

    O excesso de chuvas prejudicou o progresso do plantio da primeira safra de feijão 23/24 no Rio Grande do Sul. Segundo boletim semanal da Emater/RS, a área é estimada em 29,053 mil hectares. Em algumas regiões, os trabalhos já estão paralisados há duas semanas, tanto pelo que já choveu quanto pelo que se prevê. Onde as lavouras já estão semeadas, o clima prejudicou o desenvolvimento.

    Já o plantio do arroz está parado. A Emater/RS ainda não informa um percentual, mas observa, em boletim semanal, que as chuvas elevadas na primeira metade de setembro resultaram na suspensão dos trabalhos de preparação do solo e do plantio. Apesar de eventuais dias de sol e de altas temperaturas, os níveis de umidade seguem muito elevados. Estima-se que sejam necessárias duas semanas sem chuvas para drenar o excesso de água e permitir condições ideais para a retomada dos trabalhos.

     

    GRÃOS: Primeiro navio carregado passa por corredor temporário no Mar Negro

    A embarcação que deixou o porto ucraniano de Chornomorsk dois dias atrás carregada com 3 mil toneladas de trigo chegou, nesta quinta-feira, a entrada do estreito de Bósforo, na Turquia. O navio tem como destino Israel e se tornou o primeiro a entrar e sair do Mar Negro através do corredor temporário estabelecido pela Ucrânia. As informações são da APK-Inform.

     

    GRÃOS: Conab inicia pesquisa para o primeiro levantamento da safra 2023/24

    Técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) iniciaram esta semana as pesquisas para o 1º Levantamento da Safra de Grãos 2023/24, contemplando todos os estados da federação. Os dados coletados ajudarão a compor o Boletim a ser divulgado pela estatal no dia 10 de outubro. Os trabalhos seguem até o dia 22 de setembro e a pesquisa está sendo realizada em campo nos seguintes estados: Alagoas, Bahia, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Sergipe, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Santa Catarina. Nos demais, ela é feita por contato telefônico e internet. Ao todo, são 16 culturas monitoradas pela Conab, entre elas o arroz e feijão, importantes produtos da alimentação básica e que tem boa parte do seu cultivo iniciando a temporada. As equipes já estão coletando informações do preparo e início do plantio da safra 2023/24 bem como da finalização da colheita das culturas da safra 2022/23. As informações são da assessoria de imprensa da Conab.

     

    CAFÉ: Serra da Canastra conquista Indicação Geográfica (IG)

    Localizada entre o Oeste e Sul de Minas Gerais, a Serra da Canastra é a sexta região produtora de café no estado a receber o registro de Indicação Geográfica (IG) pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A chancela foi concedida na modalidade Denominação de Origem (DO), a mesma obtida pela produção dos grãos nas regiões Mantiqueira de Minas (2020) e Cerrado Mineiro (2013). Agora, a região conhecida pela qualidade dos queijos artesanais - iguaria que recebeu, em 2008, o título de Patrimônio Cultural Imaterial do país, e a IG de Indicação de Procedência (IP), em 2012 -, agora também ganha destaque na cafeicultura.

     

    EUROZONA: Indice de confiança do consumidor cai para -17,8 pontos em setembro

    O índice de confiança do consumidor da zona do euro caiu para -17,8 pontos em setembro, de -16 pontos em agosto, segundo dados revisados divulgados pela Comissão Europeia. A previsão era de -16,5 pontos. Na União Europeia (UE), o índice recuou para -18,7 pontos em setembro, ante -17 pontos em agosto. Segundo a Comissão Europeia, a confiança do consumidor está bem abaixo de sua média de longo prazo. As informações são da Agência CMA.

     

    TRIGO: Safra da Austrália deve sofrer novos cortes devido ao clima adverso em setembro

    A produção de trigo da Austrália deve sofrer novos cortes devido ao clima quente e seco em setembro. O mês é crucial para o desenvolvimento da cultura. A situação adversa reduz a produtividade e ameaça apertar ainda mais a oferta global de grãos. Segundo analistas ouvidos pela agência Reuters, os reajustes são negativos em, ao menos, um milhão de toneladas na comparação com a projeção oficial feita no início do mês. Caso a situação persista, novos rebaixamentos podem ocorrer. A Austrália é o maior exportador mundial de trigo e um importante fornecedor a países asiáticos, incluindo China, Indonésia e Japão.

     

    ALGODÃO: Venda líquida semanal dos EUA fica em 105.800 fardos - 2023/24

    As vendas líquidas norte-americanas de algodão (upland), referentes à temporada 2023/24, iniciada em 1o de agosto, ficaram em 105.800 fardos na semana encerrada em 14 de setembro. O Vietnã liderou as compras, com 44.600 toneladas. Para a temporada 2024/25, foram mais 5.100 toneladas. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

     

    MILHO: USDA anuncia vendas de 137.160 toneladas ao México

    Os exportadores privados norte-americanos reportaram ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a venda de 136.160 toneladas de milho ao México. Destas, 121.920 toneladas serão entregues na temporada 2023/24, enquanto 15.240 toneladas de milho foram destinadas a serem entregues na temporada 2024/25. Toda operação envolvendo a venda de volume igual ou superior a 100 mil toneladas do grão, feita para o mesmo destino e no mesmo dia tem que ser reportada ao USDA.