John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    VOCÊ CONECTADO: Fique ligado nas notícias do dia (25/9)

    Conecta traz um resumo dos principais fatos e acontecimentos que impactam o agronegócio no Brasil e no mundo para que o produtor rural termine o dia bem informado
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Agronegócio

    ECONOMIA: Superávit comercial alcança US$ 7,21 bilhões em setembro

    Até a quarta semana de Setembro/2023, comparado a Setembro/2022, as exportações cresceram 8,7% e somaram US$ 22,19 bilhões. As importações caíram -15,7% e totalizaram US$ 14,98 bilhões. Assim, a balança comercial registra superávit de US$ 7,21 bilhões em setembro, com crescimento de 173,2%, e a corrente de comércio diminuiu -2,7%, alcançando US$ 37,18 bilhões. No acumulado Janeiro até a quarta semana de Setembro/2023, em comparação a Janeiro/Setembro 2022, as exportações cresceram 0,6% e somaram US$ 246,77 bilhões. As importações caíram -11,1% e totalizaram US$ 177,16 bilhões. Como consequência destes resultados, a balança comercial apresentou superávit de US$ 69,61 bilhões, com crescimento de 51,6%, e a corrente de comércio registrou queda de -4,6%, atingindo US$ 423,93 bilhões. As informações partem da Secretaria de Comércio Exterior.

     

    CARNE BOVINA: Exportação atinge 158,835 mil toneladas em setembro

    As exportações de carne bovina fresca, congelada ou refrigerada do Brasil renderam US$ 718,946 milhões em setembro (15 dias úteis), com média diária de US$ 47,929 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 158,835 mil toneladas, com média diária de 10,589 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.526,40. Em relação a setembro de 2022, houve queda de 75,4% no valor médio diário da exportação, alta de 9,5% na quantidade média diária exportada e desvalorização de 24,6% no preço médio. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior.

     

    SOJA: Exportações do Brasil somam 4,819 milhões de toneladas em setembro

    As exportações de soja em grão do Brasil renderam US$ 2,484 bilhões em setembro (15 dias úteis), com média diária de US$ 165,604 milhões. A quantidade total exportada pelo país no período chegou a 4,819 milhões de toneladas, com média diária de 321,298 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 515,40. Na comparação com setembro de 2022, houve alta de 38,8% na receita média diária e de 68,6% no volume. O preço caiu 17,7%. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior.

     

    ECONOMIA: Ucrânia e Canadá assinam acordo de livre comércio atualizado

    O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, e o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, assinaram um acordo de livre comércio atualizado entre os dois países. Ele substituirá o atual acordo, em vigor desde 2017. A informação é da assessoria de imprensa do Ministério da Economia da Ucrânia. Segundo Primeira Vice-Primeira-Ministra e Ministra da Economia da Ucrânia, Yulia Svyridenko, o novo acordo traz mudanças significativas ao regime comercial. No documento, os dois países firmaram um acordo sobre comércio digital, sendo o segundo deste tipo feito pela Ucrânia. O primeiro foi com a Grã-Bretanha. O novo acordou inclui atualizações sobre regras e procedimentos de origem, política de concorrência, monopólios e empresas estatais, compras públicas, meio ambiente, trabalho, desenvolvimento e administração de medidas e transparência, combate à corrupção e conduta empresarial responsável.

     

    AÇÚCAR: Exportações chegam a 2,486 milhões toneladas no mês

    A receita diária média obtida com as exportações brasileiras de açúcar e outros melaços atinge US$ 81,304 milhões em setembro, com quinze dias úteis, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Já o volume médio diário de exportações chega a 165,766 mil toneladas no mês. Foram exportadas 2.486.492 toneladas de açúcar até agora em setembro, com receita de US$ 1,219 bilhão, a um preço médio de US$ 490,50 por tonelada. Na comparação com a média diária de setembro de 2022, de US$ 58,923 milhões, há alta de 38% no valor obtido diariamente pelas exportações de açúcar em setembro de 2023. Em volume, há alta de 15,4%, ante as 143,706 mil toneladas diariamente embarcadas em setembro de 2022. Já o preço médio subiu 19,6%, ante os US$ 410,00 por tonelada verificados em setembro de 2022.

     

    CARNES: Rebanho bovino brasileiro alcança recorde de 234,4 milhões de animais em 2022

    O rebanho bovino brasileiro alcançou novo recorde de 234,4 milhões de animais, em 2022, com alta de 4,3% em relação ao ano anterior. Os dados constam da Pesquisa Produção da Pecuária Municipal 2022 divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A pesquisa englobou os efetivos da pecuária dos municípios, dados da produção de origem animal e o valor referentes a 2022. Todos os efetivos animais apresentaram crescimento, à exceção de codornas (-8,2%). Os plantéis de bovinos e suínos aumentaram 4,3% cada um; o de bubalinos 3%; equinos, 0,9%; caprinos, 3,9%; ovinos, 4,7%; galináceos, 3,8%; e galinhas, 2,4%. Houve ainda recorde nas produções de mel, que cresceu 9,5%, e de ovos de galinha com alta de 1,3%.

     

    AÇÚCAR/ETANOL: Governo de Minas Gerais anuncia aporte de R$ 11,3 bi ao setor

    Um dos maiores conjuntos de investimentos da história do setor de biocombustíveis e açúcar foi anunciado pelo governo de Minas Gerais e a Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig). O aporte anunciado é a soma de investimentos feitos por 12 grupos econômicos, sobretudo na região do Triângulo Mineiro, em toda a cadeia produtiva da energia renovável, desde o plantio, passando pela colheita até a produção de energia. A expectativa é que, com isso, o Estado dê um salto na produção de biocombustíveis e no objetivo de descarbonização da economia por uma transição ambientalmente responsável.

    De acordo com informações da Invest Minas, Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Minas Gerais lidera a transição energética no Brasil. Conforme os dados da Agência, o Estado já figura entre os maiores produtores de etanol do País, sendo que 93% da produção das usinas são destinados ao mercado interno. São 36 unidades industriais do setor sucroenergético, com maior concentração no Triângulo Mineiro, onde estão instaladas 22 unidades. São 108 municípios canavieiros que, juntos, plantam 1 milhão de hectares de cana, empregando cerca de 180 mil pessoas.

     

    ALGODÃO: Brasil exporta 154,015 mil toneladas em setembro

    As exportações brasileiras de algodão bruto somaram 154,015 mil toneladas em setembro (15 dias úteis), com média diária de 10,268 mil toneladas. A receita com as vendas ao exterior totalizou US$ 288,619 milhões, com média diária de US$ 19,241 milhões. As informações são da Secretaria de Comércio Exterior / Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços. Em relação ao mesmo mês do ano anterior, houve alta de 16,7% no volume diário exportado (8,802 mil toneladas diárias em setembro de 2022). Já a receita diária teve acréscimo de 7,3% (US$ 17,938 milhões diários em setembro de 2022).