John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    VOCÊ CONECTADO: Fique ligado nas notícias do dia (28/8)

    Conecta traz um resumo dos principais fatos e acontecimentos que impactam o agronegócio no Brasil e no mundo para que o produtor rural termine o dia bem informado
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Agronegócio

    GROPECUÁRIA: Secretaria emite nota contra suspensão de abate de javalis em SC

    A proliferação de javalis, listados entre as 100 "piores" espécies exóticas invasoras do mundo pela União Internacional de Conservação da Natureza, é uma preocupação recorrente dos produtores rurais em Santa Catarina. A agricultura e a pecuária estão entre os segmentos mais afetados pela disseminação e crescimento populacional dos javalis. Na agricultura, o impacto mais significativo é por predação de lavouras, resultando em prejuízos econômicos significativos, especialmente em culturas de milho, soja e pastagens. Na pecuária, especialmente a suinocultura, os javalis representam uma ameaça sanitária. Por serem populações de vida livre, compartilham habitat e estabelecem formas de contato com diferentes espécies animais, expondo-se à transmissão de doenças infecciosas.

     

    CARNE BOVINA: Exportações da Argentina surpreendem em julho, somando 92,5 mil toneladas

    As exportações de carne bovina da Argentina em julho surpreenderam, atingindo 92,5 mil toneladas em equivalente carcaça, 9,8% a mais que o exportado em julho do ano passado e superando em muito as 72,7 mil toneladas registradas no mês anterior, fortemente condicionadas pela falta de dólares para fazer face aos serviços logísticos, segundo analistas da Rosgan. "Depois da desvalorização, as dificuldades enfrentadas pela indústria frigorífica devido ao aumento dos preços e à falta de oferta interna muito provavelmente acabarão enfraquecendo esse número potencial", informam. Analistas apontam que tudo o que foi abatido em excesso começará a faltar nos próximos meses. Por sua vez, a incerteza prevalecente em torno do cenário eleitoral continuará a incentivar a retenção de bens como uma das ferramentas mais conhecidas e eficazes que o produtor encontra para navegar neste momento.

     

    EMPRESAS: Terminal da VLI em Sergipe aumenta volume de cargas em 60%

    Localizado em Barra dos Coqueiros, em Sergipe, o Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), da VLI, companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos, aumentou em 60% o volume de cargas movimentadas a partir de novos contratos comerciais firmados em 2023, principalmente para segmento de fertilizantes. Com isso, o único terminal portuário do estado se consolida como alternativa ao agronegócio da região do Arco Norte. A flexibilidade do TMIB também proporciona movimentações de grãos, insumos da construção civil e mineração, além de operações offshore.

     

    PORTOS: Paraguai investirá US$ 300 mi no Uruguai para ter acesso ao mar

    Os governos do Paraguai e do Uruguai concordaram com a construção de um porto no departamento uruguaio de Soriano, que permitirá aos paraguaios ter acesso ao mar. A obra exigirá um investimento de US$ 300 milhões. O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, garantiu que a saída para o mar do Paraguai é um desejo no qual passou a atuar a partir de suas funções de senador. "Há muitos anos que insistimos que o Paraguai tenha uma saída para o mar no Uruguai, um país estável, com costa, com boa profundidade; desde 2016, quando chegou a minha vez de ser senador, vou ao Paraguai para tentar influenciar nesse sentido, enfatizou neste sábado", segundo jornal paraguaio Última hora. As informações são da Agência CMA LatAm.

     

    SOJA: Área deve aumentar 3% em 2023/24 na Argentina, para 16,8 mi ha SAFRAS

    A área a ser plantada com soja para a campanha 2023/24 na Argentina deve atingir 16,8 milhões de hectares, um aumento de 3% em relação à campanha anterior, segundo estimativas da SAFRAS & Mercado. A produção está estimada em 48,50 milhões de toneladas, um aumento de 130% em relação à temporada passada, quando foi de apenas 21,1 milhões, como resultado da forte seca. As províncias que teriam a maior produção de soja seriam Buenos Aires, Córdoba, Santa Fé, Santiago del Estero e Entre Ríos. Depois de uma das piores campanhas da oleaginosa argentina, espera-se uma recuperação significativa em termos de área, rendimento e produção. As províncias mais significativas que foram fortemente afetadas durante 2022/2023 (Buenos Aires, Córdoba, Santa Fé, Entre Ríos, La Pampa) devem apresentar um forte aumento, voltando à normalidade.

     

    SOJA: Inspeção de exportação dos EUA atinge 322.149 toneladas

    As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 322.149 toneladas na semana encerrada no dia 24 de agosto, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava 375 mil toneladas. Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 320.431 toneladas. Em igual período do ano passado, o total inspecionado fora de 509.849 toneladas. No acumulado do ano-safra, iniciado em 1o de setembro, as inspeções somam 51.868.743 toneladas, contra 56.517.890 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.

     

    MILHO: Inspeção de exportação dos EUA soma 597.144 toneladas

    As inspeções de exportação norte-americana de milho chegaram a 597.144 toneladas na semana encerrada no dia 24 de agosto, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava 375 mil toneladas. Na semana anterior, haviam atingido 510.559 toneladas. Em igual período do ano passado, o total inspecionado foi de 699.829 toneladas. No acumulado do ano-safra, iniciado em 1o de setembro, as inspeções somam 36.778.785 toneladas, contra 54.602.158 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.

     

    SOJA: Região de Cornélio Procópio deve semear 344,3 mil hectares em 2023/24

    Com base nos dados preliminares do Departamento de Economia Rural (Deral), ligado à Secretaria de Agricultura do Paraná, é estimado que a área de cultivo na região de Cornélio Procópio alcance aproximadamente 344,350 mil hectares na safra 2023/24. Na safra anterior, a extensão plantada havia sido de 355 mil hectares. A expectativa inicial de rendimento para a próxima temporada varia entre 3,24 e 3,6 toneladas por hectare, mantendo-se similar ao estimado durante o ano comercial de 2022/23. A produção total esperada está entre 1,115 milhão e 1,239 milhão de toneladas.