John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    VOCÊ CONECTADO: Fique ligado nas notícias do dia (4/10)

    Conecta traz um resumo dos principais fatos e acontecimentos que impactam o agronegócio no Brasil e no mundo para que o produtor rural termine o dia bem informado
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Agronegócio

    SOJA/MILHO: Preços de fretes tiveram poucas alterações nas principais rotas do país

    Levantamento elaborado por SAFRAS & Mercado indica que os preços dos fretes da soja e do milho praticamente não oscilaram nas principais rotas de escoamento do país na semana terminada em 4 de outubro. O frete entre Cascavel e Paranaguá teve estabilidade de R$ 170,00 por tonelada. Entre Sorriso (MT) e Paranaguá, o preço por tonelada seguiu em R$ 540,00. De Rondonópolis (MT) a Paranaguá, os preços continuaram em R$ 400,00. Entre Passo Fundo e Rio Grande, o frete permaneceu em R$ 165,00 por tonelada. Entre Rio Verde (GO) e o Porto de Santos, os preços se mantiveram em R$ 360,00. Entre Uberlândia (MG) e o Porto de Santos, os preços recuaram de R$ 255,00 para R$ 250,00.

     

    AVES: Com novo caso no RS, focos de gripe aviária no Brasil chegam a 115

    Até às 13h de hoje, o painel de dados para consulta online disponibilizado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) contabilizava 115 focos de influenza aviária de alta patogenicidade (H5N1) desde a primeira confirmação, ocorrida em 15 de maio. São 111 casos em aves silvestres, três em aves de subsistência e um em um mamífero marinho. Outros oito casos estão sendo investigados. O Espírito Santo segue com 30 casos, sendo 29 em aves selvagens e um em ave de fundo de quintal. O Rio de Janeiro conta com 19 focos em aves selvagens. São Paulo somou mais um registro e tem 34 casos confirmados. O Paraná possui 12 focos da doença. A Bahia segue com quatro ocorrências. Santa Catarina somou um foco novo e totaliza 13 casos, sendo 12 em aves selvagens e um em ave de fundo de quintal. Com um novo caso surgido em um leão-marinho-da-patagônia, o Rio Grande do Sul soma agora dois focos da doença. O Mato Grosso do Sul, por sua vez, possui um foco da doença em uma ave de fundo de quintal. Do número total de focos confirmados até agora no Brasil, 114 foram considerados encerrados e um está em andamento. O Brasil permanece com status de livre da influenza aviária de alta patogenicidade segundo a Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA) já que nenhum caso foi identificado em aves comerciais, do setor produtivo.

     

    ALGODÃO: Estimativa da safra brasileira 2022/23 é elevada para 3,23 milhões de toneladas

    A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) reviu para cima a estimativa de produção para a safra 2022/2023, durante a 72a reunião ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão e Derivados, do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). De acordo com a entidade, serão 3,23 milhões de toneladas de pluma neste ciclo, contra 3,07 milhões de toneladas esperados na reunião anterior da Câmara, em 30 de junho. O volume colhido representa uma alta de 26,5%, em relação à safra passada, 2021/2022. O dado divulgado na Câmara supera, também, o 12o levantamento da safra 2022/23 da Conab para o algodão, publicado em 06 de setembro último, de 3,15 milhões de toneladas de pluma, 23,3% a mais do que na safra passada. A Abrapa informou ainda que as lavouras já foram 100% colhidas, e o beneficiamento da fibra, até a data da reunião, estava em torno de 56%.

     

    EMPRESAS: Inpasa produzirá etanol e proteína de cerais no Maranhão

    O governador do Maranhão, Carlos Brandão, anunciou a instalação de uma unidade industrial do Grupo Inpasa para produção de etanol e proteína de cereais no estado. O anúncio foi feito durante visita à indústria, na planta de Dourados, no Mato Grosso do Sul. Brandão destacou o vultoso investimento que deverá gerar mais de dois mil empregos somente para a construção da indústria. "Serão investidos um total de R$ 2,5 bilhões no sul do Maranhão, com a geração de 2,5 mil novos empregos somente para a construção, e 1,5 mil depois da fábrica pronta. Essa é uma grande conquista para o agronegócio e para os trabalhadores maranhenses, e um grande passo na industrialização do nosso estado", afirmou. A nova unidade, prevista para o município de Balsas, será a quinta instalada no Nordeste e um marco importante para o desenvolvimento industrial e sustentável na região.

     

    CARNES: ABCS e ABS firmam parceria para aumento de consumo na Bahia

    A Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS) e a Associação Baiana de Suinocultores (ABS) realizam em conjunto com o frigorífico local Frigosol a campanha "Carne de Porco: Bom de preço, bom de prato" na Bahia. As entidades realizarão de 10 a 30 de outubro a campanha em mercados, frigoríficos e restaurantes do oeste ao sul da Bahia visando aumentar o consumo da proteína suína.

     

    SOJA: Comercialização totaliza 1,176 milhão de tonelada na Argentina em 2023/24

    De acordo com o relatório semanal do Ministério da Agroindústria argentino sobre a soja, até 27 de setembro da colheita 2022/23, foi registrado um total de compra de 14,981 milhões de toneladas. Na mesma época da safra anterior, havia sido registrado um total de 30,362 milhões de toneladas. Por outro lado, para a safra 2023/24, foi registrado uma compra de 1,176 milhões de toneladas. Na mesma época da safra anterior, havia um total acumulado de 1,454 milhões de toneladas.

     

    CARNES: Entidades do Uruguai assinam acordo para monitorar transporte e comércio do setor

    O Congresso de Intendentes e o Instituto Conrado assinaram um acordo para trocar informações de dois sistemas de registro, com o objetivo de monitorar o transporte e o comércio de carnes no Uruguai. Por um lado, está o Registro Único Nacional de Alimentos, Empresas e Veículos, que permitirá unificar os procedimentos de inspeção sanitária das 19 intendências para a autorização de estabelecimentos, produtos e veículos. Por outro lado, está o Registro Único Nacional de Empresas de Carnes do Instituto Nacional de Carnes (INAC), no qual todas as pessoas que atuam na produção, industrialização, transformação, distribuição, transporte, armazenamento ou comercialização de carnes bovinas, ovinas, suínas, entre outras, devem se registrar. A fusão dessas duas bases de dados também permitirá a troca de informações sobre veículos registrados e autorizados para o transporte de carnes e seus derivados em qualquer departamento.