Internet leva produtividade para o campo

Ministra da Agricultura prevê aumento de 4,5% no valor bruto da produção e injeção de R$ 47 bilhões na economia com o 5G

Inovação

img-news
A internet começa a chegar com força no campo e carrega com ela benefícios com potencial de aprimorar ainda mais o grande desempenho rural do Brasil tanto para o mercado interno quanto para o segmento de exportações. Para a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, ao dobrar a conectividade no campo, haverá um aumento de 4,5% no valor bruto da produção agropecuária brasileira, injetando cerca de R$ 47 bilhões na economia do País. 

A fala da ministra ocorreu após a John Deere demonstrar um pulverizador M4000 conectado à rede 5G durante evento de inauguração do 5G Smart Campus Facens, pela Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), em parceria com a Ericsson, a Embratel e a Claro. A solenidade ocorreu dia 25 de junho e contou também com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro; do ministro das Comunicações, Fábio Faria; e do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes.

“Tivemos aqui uma demonstração do que é a agricultura moderna, de precisão e sustentável que o País já sabe. Vamos fazer muito mais com a conectividade democratizada. Hoje podemos mostrar do que somos capazes. Podemos fazer muito mais. Esse é o caminho da agricultura moderna”, celebrou a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS
O diretor do Grupo de Soluções Inteligentes (ISG) da John Deere para América Latina, Rodrigo Bonato, reforçou que a conectividade rural desbloqueará todo potencial tecnológico da agricultura de precisão e vai democratizar o uso da internet áreas rurais, com soluções sem custos ao agricultor. “Tivemos uma revolução com os dados em nuvem e os aplicativos móveis. Agora a conectividade rural permitirá ao agricultor dar o passo à frente, ampliando a sustentabilidade de suas operações, seja pelo aspecto econômico, seja pelo aspecto ambiental. Precisamos”, ressalta.

Durante a demonstração na Facens, todo o monitoramento em tempo real da aplicação foi realizado utilizando a rede 5G. “É importante comprovarmos a importância da conectividade e como pensamos na evolução da capacidade de internet no campo para evolução da autonomia dos equipamentos. Com ela, apenas neste pulverizador, temos uma assertividade de 98% na aplicação, um uso otimizado em 77% menos herbicida, a possibilidade de trabalhar em mais de um modo de ação desses insumos e redução em 83 vezes na criação de resistência nas plantas daninhas`, enumerou Bonato.

PULVERIZADOR M4000
O pulverizador M4000 tem como diferencial o ExactApply, um sistema inteligente de pontas que proporciona mais precisão na aplicação dos insumos, além de melhorar a qualidade de cobertura. Todos os procedimentos ocorrem de forma automatizada, ou seja: a própria máquina faz a leitura e aplica a quantidade de produto correta, no local necessário.

O sistema é também sinônimo de sustentabilidade, pois evita o desperdício de insumos durante a pulverização e gera economia para o agricultor. O M4000 possui 120 processadores e até uma estação meteorológica que asseguram as condições ideias para a aplicação.
logo