John Deere é homenageada nos 78 anos da ETB

Cerimônia contou com a presença de Paulo Herrmann como primeiro homenageado da celebração promovida pela Embrapa

Inovação

img-news

Ao marcar a celebração dos 78 anos da Estação Experimental Terras Baixas (ETB), a coordenação técnica da ETB realiza a entrega de homenagens a personalidades do agronegócio, figuras políticas, profissionais do setor, empregados aposentados e parceiros da Embrapa.

 

O primeiro momento celebrativo ocorreu em novembro, a partir de agenda de reunião marcada em Pelotas, com a Alvorada Sistemas Agrícolas John Deere, contando com a presença de Paulo Renato Herrmann. Ele, que após 22 anos de trabalho naquela empresa, foi um importante parceiro da Embrapa, em nível nacional, e da ETB.

 

Na sequência da reunião, onde foram tratados assuntos sobre o atual desempenho da pesquisa em sistemas de produção em terras baixas, incluindo os produtos dos grãos, leite, pastagens e forrageiras e integração lavoura-pecuária (ILP), foi realizada cerimônia a Paulo Herrmann, no auditório da Estação.

 

HISTÓRIA DE PARCERIA

Foi apresentado um vídeo sobre a história da ETB, contada pelos pesquisadores mais experientes e as suas contribuições  à pesquisa agropecuária regional, nacional e internacional. O chefe-geral, Roberto Pedroso de Oliveira, agraciou o homenageado com uma lembrança alusiva aos 78 anos da Estação Experimental. 

 

“A história da John Deere e da Embrapa se cruzam em prol da agropecuária brasileira e da segurança alimentar do planeta. Paulo Herrmann é um ícone da agropecuária no Brasil” , disse Roberto Pedroso.

 

PAIXÃO PELA PESQUISA

O homenageado confessou ter como sonho ocupar o cargo de pesquisador da Embrapa, mas ao percorrer caminhos diferentes em sua trajetória profissional, a empresa sempre esteve ao seu lado, seja pelos colegas da Universidade que são empregados da Embrapa, seja pelas oportunidades de acompanhar em diversos momentos o desenvolvimento da história da pesquisa.

 

“O Brasil, nestes últimos 50 anos, teve seu desenvolvimento em agricultura  porque contou sempre com essa locomotiva que é a Embrapa”, disse. Segundo ele, o país saiu de uma posição de importador ao alimentar mais de 90 milhões de brasileiros para assumir uma posição de exportador de alimentos. “Não tenho dúvidas, que não há instituição de pesquisa melhor no mundo, que a nossa”, disse ao referir-se à capacidade de gestão e de visão da Embrapa.

 

Além de estar ciente das inovações lançadas pela Embrapa, ao longo desses anos, Paulo Hermann ainda lembrou que participou de várias comissões como a Comissão Técnica de Projetos (CTP) na Embrapa Instrumentação Agropecuária, em São Carlos, e comissões para escolha de chefes como na Embrapa Milho e Sorgo e na Embrapa Arroz e Feijão; participou também da elaboração do Plano Diretor da Embrapa Clima Temperado e é atualmente membro do Conselho Assessor Externo (CAE) da Embrapa Clima Temperado e também da Embrapa Arroz e Feijão.

 

Leia o artigo completo no: https://www.embrapa.br/en/busca-de-noticias/-/noticia/66720960/john-deere-e-homenageada-nos-78-anos-da-etb?p_auth=ahPuQIhk

 

 

logo