John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Conheça as novidades para o Seguro Pecuário

    BB Seguros anuncia mudanças, com possibilidade de antecipação de um percentual da indenização
    Rafael De Marco
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Pecuária

    Agropecuária

    A agropecuária brasileira deve ter um valor bruto de produção de R$ 422,8 bilhões em 2023, segundo dados da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). No entanto, o mercado de seguros para o segmento ainda é pouco expressivo, perto de outras cadeias, como a de grãos na agricultura. Mas, assim como já ocorre em outros países, o Brasil está evoluindo nos mecanismos de proteção para os riscos desse segmento, com mais produtos de seguro e iniciativas comerciais.
     
    A BB Seguros está modernizando sua linha de seguros para pecuária. O produto, que garantia o pagamento de indenização sempre que o faturamento obtido com o rebanho de corte fosse inferior ao faturamento garantido na apólice, em decorrência da morte de animais e/ou redução do valor da arroba no mercado, agora passa a oferecer também a possibilidade de antecipação de um percentual da indenização, caso a mortalidade do rebanho ultrapasse um valor mínimo esperado.
     
    Segundo o superintendente de Seguros Rurais da Brasilseg, uma empresa da BB Seguros, Paulo Hora, é um momento importante para o pecuarista, que está atento ao ciclo pecuário e às pressões de sustentação de preço da atividade. "Essa alteração na cobertura do nosso Seguro Pecuário vem para reforçar o caráter de ferramenta de gestão que o seguro oferece. Dessa forma o produtor não precisa esperar um período predeterminado onde ocorre a execução dos preços segurados referenciados no Cepea/B3 para colocar em prática seu replanejamento, que é inevitável após uma perda relevante no rebanho. Com isso, será possível reinvestir mais rapidamente para que o negócio se mantenha sólido e competitivo", diz.
     
    O Seguro Pecuário e de Animais são ramos de seguro rural participantes do PSR - Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural, e possuem benefício de 40% de subsídio ao prêmio do seguro, o que o torna bastante atraente para o produtor. Caso o produtor seja tomador de financiamento das linhas pertencentes ao Programa ABC - Agricultura de Baixa Emissão de Carbono, a subvenção ao prêmio do seguro passa a 45% do prêmio total da apólice.
     
    As informações são da assessoria de imprensa da Brasilseg e da Agência Safras