John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Cresce a importância de Norte e Nordeste na pecuária

    Conclusão é da Associação Nacional da Pecuária de Corte (Assocon)
    Safras & Mercado
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Boi

    O rebanho bovino cresceu 40% nos últimos 30 anos no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, no mesmo período, as regiões Norte e Nordeste somadas tiveram aumento de 104% no número de cabeças. A evolução da pecuária caminha lado a lado com a luta dos produtores por representação efetiva perante os órgãos públicos em busca de melhores condições para criar gado.

     

    A Associação Nacional da Pecuária de Corte (Assocon) tem se dedicado a essa empreitada. "Não é mais possível falar em pecuária moderna sem olhar para os 16 estados do Norte e do Nordeste, regiões que concentram 87 milhões de bovinos (39%) do rebanho nacional estimado em 225 milhões de cabeças. Há 30 anos, eram 11%. Defender os interesses dos pecuaristas é, portanto, essencial para o futuro e o sucesso da cadeia regional da carne bovina. Temos orgulho de desempenhar esse papel", diz Juliane Gomes, gerente executiva da Assocon.

     

    Para cumprir bem o seu papel para fomento, defesa e valorização da pecuária, inclusive no Norte e Nordeste, a Assocon participa dos mais importantes fóruns, reuniões e encontros sobre a atividade. Em todos esses eventos, a equipe da entidade defende a inclusão de pautas que representem os pecuaristas. "Sabemos da importância do Norte e do Nordeste para o país como um todo. Por isso, levamos as reivindicações dos pecuaristas dessas regiões, buscando solução para problemas específicos como os períodos de estiagem e de eventual falta de insumos, por exemplo", comenta Juliane.

     

    Cresce a importância de Norte e Nordeste na pecuária 1

    A gerente executiva reforça o compromisso da Assocon com os interesses de pecuaristas de corte. "Trabalhamos para ter um setor produtivo forte. Estamos em comissões estaduais e federais, nas quais debatemos e entregamos propostas que visam obter melhores condições para a cadeia produtiva como um todo. Nossa associação conhece os desafios enfrentados pelos pecuaristas de todo o país e trabalha para o encaminhamento de todas as demandas."

     

    EXEMPLO CONCRETO

    A Assocon participou recentemente da 65a Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Carne Bovina, que aprovou proposta de sistema voluntário de rastreabilidade individual de bovinos e bubalinos e representou os pecuaristas no workshop "Setor Agropecuário na Gestão da Água", promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

     

    A produção sustentável também é preocupação da entidade. Esse tema foi apresentado pelo presidente da Assocon, Mauricio Velloso, em recente reunião da Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais (Asbram).