John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Passos essenciais para uma boa desmama

    O processo de desmame implica em mudanças que afetam a vaca e a cria. Entenda como preservar ambos e assegurar ganhos de produtividade
    Scot Consultoria
    Arquivo
    Arquivo

    Tags:

    Leite

    Pecuária

    Boi

    A eficiência da atividade pecuária resulta, dentre outros aspectos, da produção de uma cria/matriz/ano. Todavia, gerar um bezerro por ano não é o bastante. É necessário que ele desmame de maneira saudável e de preferência, mais pesado. 
    Tradicionalmente, a desmama consiste em separar o bezerro da vaca com oito meses de vida, em média. Este processo pode ser realizado de diferentes formas, de acordo com o objetivo de cada fazenda. 
    Além disto, estratégias que reduzam os efeitos negativos da desmama são necessárias, afinal trata-se de um período delicado tanto para a cria, quanto para a vaca. A adoção de protocolos sanitários, antes mesmo do nascimento, alinhada à técnica de desmama podem influenciar diretamente no desenvolvimento pós-natal. 
    Cerca de 50% dos problemas gestacionais estão ligados às doenças infecciosas, por isso, cuidar da eficiência reprodutiva do plantel é substancial para a vida do bezerro. Desta maneira, o cuidado com a cria começa no cuidado com as matrizes. 
    CUIDADO COM O ESTRESSE
    Na desmama tradicional, é comum que vaca e bezerro, quando separados, apresentem sinais de estresse. Neste processo, é normal que matrizes atravessem as cercas em busca de suas crias, que vocalizam em excesso, por períodos prolongados, acarretando acidentes. Além disso, a alteração de temperamento faz com que a vaca pare de se alimentar, reduzindo seu desempenho reprodutivo. 
    Passos essenciais para uma boa desmama 1
    Para o bezerro, esse estresse pode ser mais impactante, afetando seu ganho de peso e resposta imunológica, deixando-o susceptível a enfermidades, podendo levar a sua morte. Cenário que também refletirá em perdas econômicas, além de afetar seu bem-estar. A despesa com uma vaca cuja cria não sobreviveu, é muito superior àquela que não emprenhou.
    Além disso, a taxa de desmama, é um importante indicador de produtividade em fazendas de cria ou ciclo completo. Trata-se da relação entre o número de bezerros desmamados e o número de vacas submetidas à reprodução, considerando as perdas gestacionais e a mortalidade de bezerros. Esta relação pode chegar até 79% em fazendas de elevada produtividade. 
    DESMAMA LADO A LADO
    O emprego da desmama lado a lado ou “racional”, estudada pela zootecnista americana Temple Grandin, e praticada pela Embrapa Pecuária Sudeste, desde 2014, consiste na apartação em piquetes próximos. Neste processo, cria e matriz estarão separados apenas por um corredor ou cerca, mantendo contato visual, auditivo e olfativo, visando reduzir o estresse causado pela total perda de contato. 
    Desde então, estudos têm demonstrado que o método lado a lado, além de melhorar o bem-estar dos bovinos, aumenta os ganhos em produtividade. Resultados, como maior ganho de peso (figura 1) e menor reatividade ao manejo diário, têm sido apresentados por bovinos submetidos ao método.
    Passos essenciais para uma boa desmama 2
    De acordo com a pesquisadora Patrícia Tholon, o manejo racional demonstrou-se mais efetivo em fêmeas, já que, para os machos, a diferença não foi significativa, mostrando que o sexo influencia na expressão da reatividade. 
    A avaliação de temperamento está diretamente ligada aos resultados de desempenho. Bovinos mais reativos apresentam menor ganho de peso diário, menor eficiência reprodutiva e maior susceptibilidade a patógenos. Além do mais, manejar animais reativos é mais dificil, aumentando os riscos de acidente de trabalho no campo.
    Além disso, a disponibilidade de água em abundância e de pastagem de boa qualidade, tanto no piquete de parição, quanto para alocar matrizes e bezerros pós-desmama, evitando manejos extremos, podem trazer melhor eficiência e desempenho animal. Além de garantir seu bem-estar, tornando a prática menos marcante para mãe e bezerro. 
    Por Jayne Costa, zootecnista, me.
    Referências bibliográficas
    BOAS Práticas de Manejo Bezerros ao Nascimento. 2014. Disponível em: https://www.girodoboi.com.br/wp-content/uploads/2017/04/grupo-etco-manual-boas-praticas-manejo-bezerros-nascimento.pdf. Acesso em: 16 dez. 2022.
    BOAS práticas durante o processo de desmame dos bezerros. 2021. Disponível em: https://centralveterinaria.com.br/boas-praticas-durante-o-processo-de-desmame-dos-bezerros/. Acesso em: 16 dez. 2022.
    COMO fazer uma desmama eficiente: O desmame pode ser realizado de formas diferentes, de acordo com as intenções do pecuarista. O desmame pode ser realizado de formas diferentes, de acordo com as intenções do pecuarista. 2021. Disponível em: https://opresenterural.com.br/como-fazer-uma-desmama-eficiente/. Acesso em: 16 dez. 2022.