Mercado de Créditos de Carbono: oportunidade ainda não explorada

Descubra como funciona e mais detalhes dessa oportunidade ainda não explorada

Sustentabilidade

img-news
De acordo com uma pesquisa realizada pela Mckinsey em 2021, apenas 3% dos produtores brasileiros monetizam Créditos de Carbono e 70% afirmam que ter um melhor entendimento sobre esse mercado viabilizaria a participação nessa atividade. 

De acordo com o banco alemão Berenberg, o mercado global de Créditos de Carbono pode atingir um valor de $200 bi até 2050, com base no seu atual crescimento. Em 2019, seu volume foi de $0,6 bi, triplicando seu valor nos últimos três anos. O principal argumento da estimativa é que, sem os Créditos de Carbono, será impossível atingir os compromissos de longo prazo sobre neutralização das emissões.

RENOVABIO E TRUSTSCORE
Atualmente no Brasil, o Renovabio é o mecanismo principal de regulamentação de Créditos de Carbono. Outro protocolo de certificação que merece destaque é o da plataforma MRV- TrustScore®?. 

O Renovabio é definido como a Política Nacional de Biocombustíveis, criada pelo Ministério de Minas e Energia em parceria com a Embrapa. O TrustScore é uma plataforma tecnológica de monitoramento contínuo do processo produtivo e da sustentabilidade, desenvolvida pela Rede ILPF em fase de expansão. 

O primeiro comércio de Créditos de Carbono no Brasil ocorreu por meio do RenovaBio em 2020 e da Bolsa B3, a um valor médio de R$50 por CBIO, conhecido como crédito de descarbonização e que equivale a 1 tonelada de CO2 equivalente.

CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL
Existem diversas pesquisas de empresas do setor agrícola em busca de implementação de tecnologias para a medição dos índices de carbono no solo. Além do mais, as empresas do ramo buscam técnicas de rastreabilidade para apoiar os produtores no acesso a este mercado, com grande potencial de expansão. Se continuarmos promovendo a expansão da produção de forma responsável, nossa agricultura consolidará o seu papel de protagonista.

Observando esses cenários de expansão e protagonismo do agronegócio brasileiro, temos um futuro promissor. Por meio do aumento da produção, aliado à agricultura regenerativa, vamos preservar ainda mais o meio ambiente, honrar o nosso compromisso de redução das emissões e explorar novas fontes de renda para o produtor brasileiro.

logo