Black Friday: fique ligado na segurança

Aprenda como se proteger nas compras online e tenha tranquilidade para aproveitar as ofertas das lojas na Internet

Variedades

img-news

Inspirada na tradicional queima de estoques do comércio nos Estados Unidos após o Dia de Ação de Graças, feriado comemorado sempre na última quinta-feira de novembro, a Black Friday brasileira é uma liquidação aguardada pelo consumidor, sempre ávido por descontos e preços baixos.

 

A Black Friday 2021 acontece em 26 de novembro, mas a maioria das lojas, especialmente online, começa o período de promoção desde o início do mês. Além das dicas básicas sobre pesquisar preços para não correr o risco de pegar “a metade do dobro” do valor dos produtos desejados, o consumidor precisa ficar atento para não cair em golpes em falsas lojas digitais.

 

Sites especializados em tecnologia, como o TechTudo, trazem dicas importantes de segurança para quem pretende investir nas promoções da Black Friday 2021 em compras online. Confira 3 procedimentos importantes antes de digitar os dados do cartão de crédito em um e-commerce:

 

1. CONSULTE A LISTA DO PROCON-SP

Vinculada à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo desde 1976, o Procon orienta o consumidor sobre seus direitos e deveres, além de receber e encaminhar para os fornecedores responsáveis as queixas e denúncias.

 

“O Procon-SP mantém um site que exibe uma lista de lojas online que devem ser evitadas na Black Friday por estarem relacionadas a casos de fraudes nas vendas. O serviço, denominado ‘Evite esses sites’, exibe a razão social da loja, a URL do e-commerce, o CNPJ da empresa, a data de inclusão na lista e a situação da loja — se está no ar ou se já foi removida.

 

Em 2021, mais de 90 e-commerces de diferentes segmentos constam da relação, como comércios de eletrônicos, móveis, livros, objetos de decoração, roupas e cosméticos. A lista reúne empresas que receberam reclamações de usuários diretamente no Procon-SP, foram notificadas dos problemas mas não responderam ou não foram encontradas para solucionar os casos.”

 

Para encontrar a lista, basta acessar a página “Evite esses sites” (sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php). Vale destacar que a plataforma só exibe empresas alocadas em São Paulo, mas que podem prometer vendas para todo o Brasil. Por isso, vale checar se a loja na qual você está pensando em fazer uma compra na Black Friday está presente na lista”, complementa a reportagem do TechTudo.

 

2. VERIFIQUE A CONFIABILIDADE DA URL

Criado pela Axur, empresa de monitoramento e reação a fraudes digitais, especialmente para a Black Friday do ano passado, o site Posso Confiar oferece consulta para saber se um endereço eletrônico é seguro, oferece riscos de phishing ou é uma página falsa. A plataforma pode analisar mais de um milhão de páginas cadastradas em seu banco de dados.

 

“Para fazer uma consulta, basta acessar o site (possoconfiar.com.br) e digitar a URL suspeita no campo principal. Então, a plataforma indicará se o usuário pode confiar naquela loja, se há indícios de que a página é fraudulenta ou ainda se o resultado é incerto — neste último caso, o link será submetido a uma análise mais profunda pela equipe do site e o resultado será enviado para o e-mail do usuário”, ensina o TechTudo.

 

3. VERIFIQUE A REPUTAÇÃO DA LOJA

É uma espécie de Reclame Aqui criado pelo Governo Federal. Trata-se de uma plataforma para mediar conflitos entre empresas e clientes. O site Consumidor.gov.br é monitorado pelo Procon e por outros órgãos de defesa do consumidor e isso assegura credibilidade na checagem das informações.


“Para o consumidor que está fazendo compras na Black Friday, o Consumidor.gov.br é útil para pesquisar a reputação da empresa em questão. Com base nas elucidações dos problemas cadastrados no serviço, o site exibe o índice de solução de conflitos, o nível de satisfação com o atendimento, o total de reclamações respondidas e o prazo médio de resposta”, explica a reportagem do TechTudo.

 

Para a reportagem completa, acesse: https://www.techtudo.com.br/listas/2021/11/black-friday-2021-como-verificar-se-uma-loja-online-e-confiavel.ghtml

 

logo