Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro

Conecta lista informações importantes para quem não dispensa uma boa pescaria, mesmo longe de rios ou do mar

Variedades

img-news
Pesqueiros são uma opção para quem não abre mão de jogar o anzol na água, mas nem sempre consegue estar na “beira do rio”. Seja um lago natural ou artificial, há opções para todos os níveis de pescadores, de novatos a veteranos, com variedade e fartura de peixes. Também pode ser uma oportunidade para uma atividade em família, especialmente nos estabelecimentos tipo “pesque-pague”.

O Conecta traz 5 dicas para aproveitar ao máximo uma experiência esportiva de alta qualidade em um pesqueiro. Confira:

1 - EQUIPAMENTOS
Varas de bambu ou telescópicas são adequadas para peixes pequenos e tilápias, por exemplo. Para espécies grandes, deve-se aumentar o tamanho, partindo para varas com 2.40 m de 8 pés ou 2.70 m de 9 pés.
Vale lembrar que o tamanho da vara está ligado à distância do arremesso. Ou seja, quanto maior a vara, mais longo será o lançamento. Varas curtas proporcionam arremessos mais curtos, porém com maior precisão.
____________________________________________________________
VOCÊ SABIA?
O comprimento das varas é representado em pés e polegadas, sendo: 
1 pé = 30,48cm 
1 polegada = 2,54 cm.
__________________________________________________________________________

Quanto ao anzol, vale contar com opções de tamanho para todos os tipos de peixe.

2 - ISCAS
Dependendo do tipo de peixe, a regra para o pesqueiro é a mesma que em rios ou no mar. A isca varia de acordo com o peixe e pode ser natural ou artificial.
Entre as iscas naturais, as massas são as mais comuns e versáteis. Podem ser feitas de alimentos doces ou farelo para peixes. Há ainda os miúdos (de boi ou galinha), pão amanhecido, mussarela, salsicha, entre outras. Além de minhocas, claro.