John Deere logo

    Conecta

    Sua fonte centralizada de notícias Agro

    Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro

    Conecta lista informações importantes para quem não dispensa uma boa pescaria, mesmo longe de rios ou do mar
    Rafael De Marco
    Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro
    Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro

    Tags:

    Pesca

    Pesqueiros são uma opção para quem não abre mão de jogar o anzol na água, mas nem sempre consegue estar na “beira do rio”. Seja um lago natural ou artificial, há opções para todos os níveis de pescadores, de novatos a veteranos, com variedade e fartura de peixes. Também pode ser uma oportunidade para uma atividade em família, especialmente nos estabelecimentos tipo “pesque-pague”.

    O Conecta traz 5 dicas para aproveitar ao máximo uma experiência esportiva de alta qualidade em um pesqueiro. Confira:

    1 - EQUIPAMENTOS
    Varas de bambu ou telescópicas são adequadas para peixes pequenos e tilápias, por exemplo. Para espécies grandes, deve-se aumentar o tamanho, partindo para varas com 2.40 m de 8 pés ou 2.70 m de 9 pés.
    Vale lembrar que o tamanho da vara está ligado à distância do arremesso. Ou seja, quanto maior a vara, mais longo será o lançamento. Varas curtas proporcionam arremessos mais curtos, porém com maior precisão.
    ____________________________________________________________
    VOCÊ SABIA?
    O comprimento das varas é representado em pés e polegadas, sendo: 
    1 pé = 30,48cm 
    1 polegada = 2,54 cm.
    __________________________________________________________________________

    Quanto ao anzol, vale contar com opções de tamanho para todos os tipos de peixe.

    2 - ISCAS
    Dependendo do tipo de peixe, a regra para o pesqueiro é a mesma que em rios ou no mar. A isca varia de acordo com o peixe e pode ser natural ou artificial.
    Entre as iscas naturais, as massas são as mais comuns e versáteis. Podem ser feitas de alimentos doces ou farelo para peixes. Há ainda os miúdos (de boi ou galinha), pão amanhecido, mussarela, salsicha, entre outras. Além de minhocas, claro.

    Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro 1
    Todos os detalhes são importantes para uma boa pescaria 

    As iscas artificiais mais utilizadas imitam minhocas, e insetos. Importante checar junto à direção do pesqueiro para saber se eles permitem esse tipo de isca.

    3. VISTA-SE DIREITO
    A roupa ideal para pescaria deve proteger do sol forte, das chuvas, dos insetos e, obviamente, ser confortável. Vai longe o tempo em que camisas furadas, bermudas surradas e bonés velhos compunham o uniforme do pescador.
    Hoje, existem linhas de produtos voltados especificamente para a pesca, de calçados a chapéus, passando por camisas com proteção contra os raios ultravioleta e óculos de sol.

    Vale a pena investir em roupas e acessórios adequados, além de nunca esquecer do protetor solar e repelente.

    4 - MELHOR LUGAR E SEM ACIDENTES
    Mesmo em pesqueiros, é preciso procurar os locais onde os peixes costumam se abrigar. Para se alojar nas melhores margens ou barrancos, a dica é chegar cedo para poder escolher.

    Confira 5 dicas para aproveitar seu dia em um pesqueiro 2
    Uma boa posição no pesqueiro ajuda a garantir fartura de peixes

    Para evitar o risco de acidentes – entenda-se cair na água – é fundamental checar bem o terreno onde vai permanecer e manter uma distância segura na margem. Essa regra ganha ainda mais importância quando se está acompanhado de crianças.  

    5 – BEM-ESTAR DO PEIXE
    O tempo máximo que um peixe aguenta ficar fora da água é dois minutos. É mais que suficiente para retirá-lo do anzol com cuidado, registrar a pescaria em uma foto e devolvê-lo à lagoa.

    Existem pesqueiros que permitem uma cota de peixe para consumo, ou seja, uma quantidade limitada para levar para casa ou mesmo consumir no local. Os demais seguem o padrão da pesca esportiva: você pega o peixe, fotografa ou filma e o recoloca na água em perfeitas condições de sobrevivência. 

    Ao manusear o peixe, procure evitar segurar ou mesmo colocar a mão nas guelras do animal. Essa ação pode prejudicar sua respiração.