Pesca: Conheça Barcelos

Situado à margem direita do Rio Negro, cidade é famosa por ter a maior concentração dos gigantes tucunarés da Amazônia

Variedades

img-news
O Rio Negro abriga diversas espécies de peixes, de couro e escama, e, por isso, faz a alegria tanto dos pescadores que gostam de ação, com o uso de iscas artificiais e fly, como daqueles que preferem mais tranquilidade, com a utilização de iscas naturais.

TUCUNARÉS E MAIS
O rei do Rio Negro é o tucunarés-açu e Barcelos é famosa por ter a maior concentração desse peixe na Amazônia. Contudo, os pescadores encontram também espécies como popoca, borboleta e paca, além de bicudas, traíras, jacundás, aruanãs e Piranhas. As pirararas são encontradas em abundância e fazem a festa de quem gosta de pesca de fundo, com iscas naturais.

Além do próprio Rio Negro, que no período da pesca, proporciona mais de 40 quilômetros de praias, dezenas de lagos, igarapés e paranãs, existem outros ótimos pontos para a pesca esportiva. De acordo com o nível das águas, as principais espécies são ererê, cabeçudo, castanho, padauiri, caurés, araca, demini e unini, entre outros.

SETEMBRO A MARÇO
A temporada de pesca acontece de setembro a março. Os pescadores podem optar por uma experiência “raiz”, com barcos de alumínio, ou alternativas “vips”, com barcos-hotéis, que oferecem pacotes all inclusive, com camarotes ou apartamentos confortáveis, todos com banheiros privativos e ar-condicionado.

COMO CHEGAR
Para chegar até Barcelos, a melhor opção é de avião. Distante 400 quilômetros da capital amazonense, a cidade conta com aeroporto para aviões de pequeno e médio porte. O tempo de voo estimado em 1h15min. Outra opção é o transporte fluvial. Barcos turísticos fazem a linha Manaus-Barcelos em uma viagem que dura cerca de 26 horas.

Situada à margem direita do Rio Negro, a cidade de Barcelos é conhecida como a capital da pesca esportiva e também como o maior exportador de peixes ornamentais do Brasil, com estimativa de 20 milhões de exemplares destinados a países da Europa, Ásia e Américas a cada ano.

ECOTURISMO
Com grande potencial turístico, a cidade de Barcelos oferece passeios ecológicos. Abriga o Parque Nacional do Jaú, além do Parque Estadual da Serra do Aracá e o Arquipélago de Mariuá, o maior arquipélago fluvial do mundo, com mais de 700 ilhas.

Barcelos foi a primeira capital do Estado do Amazonas. Possui uma área de 122.496 km², o que lhe garante o título de maior município do Brasil em área territorial e segundo maior do mundo. Na época das festas juninas, Barcelos promove eventos com danças folclóricas, como boi-bumbá e quadrilhas.
logo